Cancer de Mama – Como Surgiu Outubro Rosa

Cancer de Mama – Como Surgiu Outubro Rosa

A  campanha Internacionalmente conhecido,  o movimento popular outubro rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org). No Brasil a campanha começou em 2002.

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas para a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas à conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população, inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos. Depois surgiram outras ações, como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche etc.
A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes e teatros surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.  A popularidade da campanha Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em torno de tão nobre causa.
Sensibilização

Muitas instituições, empresas e organizações “se vestem” em rosa, cunhando o termo ‘Outubro Rosa’. Em todo o mundo, edifícios importantes estão iluminados em rosa e vários eventos esportivos se tornam cor rosa ao escolher seu código de vestimenta.

Estas atividades têm um objetivo comum: aumentar a conscientização sobre a importância das medidas de prevenção do câncer de mama, como a triagem de mamografia. A maioria desses esforços também tem como objetivo participar na luta contra o câncer de mama através de apoio financeiro e doações que beneficiam instituições de pesquisa de câncer de mama.

Muitas bases em todo o mundo estão ativamente arrecadando fundos, além de informar e apoiar as pessoas afetadas pelo câncer de mama. Se você deseja apoiar uma dessas bases, entre em contato com a base de sua escolha ou participe de uma das muitas corridas de consciência de câncer de mama que acontecem em todo o mundo no mês de outubro.
Prevenção

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres em todo o mundo, sendo raro em homens. Os médicos orientam que todas as mulheres a importancia de conheçam seu corpo e sempre que possível, seja no banho, no momento da troca de roupa ou em outra situação do cotidiano, façam o autoexame das mamas , ficar atenta as alteraçoes suspeitas.

Não há técnica específica para a autopalpação e deve se valorizar a descoberta casual de pequenas alterações mamárias durante o toque. Há elevado percentual de cura quando o câncer de mama é identificado em estágios iniciais, quando as lesões são menores de dois centímetros de diâmetro.

Normalmente a doença é diagnosticada em exames de rotina quando se percebe um nódulo na região dos seios. Em outras situações, quando eles não são percebidos, o câncer só pode ser identificado por meio de exame mamográfico – que deve ser feito por mulheres entre 40 e 69 anos de idade que é recomendavel o rastreamento a cada 2 anos

Envie seu comentário